A Batalha da Normandia – 8 fatos menos conhecidos sobre o Dia D

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Dia D, Batalha da Normandia
Foto: pixabay
Sem o sacrifício e os planos feitos para a invasão que ocorreu na Batalha da Normandia, também conocida como o Dia D, as forças aliadas nunca derrotariam os nazistas e incitar a Europa.

 

A Batalha da Normandia, que ocorreu entre junho de 1944 e agosto de 1944, resultou na liberação da Europa, o momento pelo qual todos os habitantes dos países ocupados pelos nazistas esperaram por tanto tempo. No dia 6 de junho de 1944, mais de 156.000 soldados americanos, britânicos e canadenses desembarcaram na Normandia e começaram a batalha mais importante  da Segunda Guerra Mundial.

Aqui estão alguns fatos importantes sobre a invasão das forças aliadas.

1. Dia-D: O “D” no Dia-D não significa nada

Apesar do V-E Day, que significa “Vitória na Europa” e V-J Day, que significa “Vitória sobre o Japão”, o “D” de “D-Day” não representa algo”. Os militares dos EUA talvez tenham usado o termo “Dia D” para indicar que uma missão secreta  ocorreria . A escolha desta denominação foi feita para enganar qualquer espião e para  apontar que uma determinada data foi escolhida.

2. A invasão do Dia D levou anos de planejamento

Franklin Roosevelt e Winston Churchill sabiam desde o início que uma importante invasão era necessária para evitar qualquer tensão do exército soviético, enquanto lutavam contra os nazistas no leste. Um plano chamado “Operação Marreta” exigia a presença de aliados no noroeste da França no início de 1943, mas Roosevelt e Churchill decidiram  invadir primeiramente o norte da África e, depois disso, chegar ao Continente Europeu, por meio da Itália.

3. O Dia D foi a maior invasão da história militar

A invasão, conhecida também como “Operação Overlord”, combinou as forças de 156.115 soldados americanos, britânicos e canadenses, 6.939 navios e navios de desembarque e quase 2.395 aeronaves e 867 planadores que trouxeram tropas do Iraque.

4. As forças aliadas realizaram uma campanha de decepção em massa antes do Dia D

A ideia principal das forças aliadas era enganar os nazistas, fazendo com que acreditassem que iam atacar a região de Pas-de-Calais, França. Eles usaram transmissões de rádio falsas, agentes duplos e, até mesmo, um exército falso, comandado pelo General George Patton.

5. Alemanha defendeu a costa da França

Antecipando o ataque das Forças Aliadas, Adolf Hitler nomeou o marechal Erwin Rommel e encarregou-o de comandar a defesa da costa francesa. Em 1943, Rommel concluiu a construção da “Muralha do Atlântico”, um complexo com casamatas, minas terrestres e obstáculos de areia e água. Diz-se que quase 4 milhões de minas terrestres foram plantadas ao longo da praia.

6. Mau tempo atrasa a invasão

As tropas estavam prontas para começar a invasão em maio, mas as más condições do tempo atrasaram o início da missão. Em 5 de junho de 1944, o General Dwight D.

Eisenhower decidiu que a invasão deveria ocorrer no dia seguinte, já que o tempo ainda estava ruim e os aviões alemães estavam no chão.

7. Todas as praias foram libertadas pelas forças aliadas até o dia 11 de junho

Dentro de cinco dias após a invasão, as tropas começaram a construir dois portos maciços. Eles descarregaram aproximadamente 2.500.000 homens, 500.000 veículos e 4.000.000 toneladas de suprimentos, o suficiente para os restantes dias de guerra.

8. Dia D: a invasão marcou um ponto de viragem na guerra

As Forças Aliadas perderam quase 4.413 pessoas nas praias da Normandia. A Batalha da Normandia marcou quase 226.000 derrotas. Este foi o início de um fim. Quase um ano depois, em 7 de maio de 1945, a Alemanha assinou uma rendição incondicional frente ao exército soviético e das Forças Aliadas. Este foi o momento em que a Europa voltou a compreender o conceito de “liberdade”. As pessoas já não tinham mais que  esconder-se. As pessoas foram capazes de gritar novamente: “Eu sou livre”.

Fonte do contexto: Batalha da Normandia Batalha da Normandia Batalha da Normandia 

Mais sobre a Batalha da Normandia, aqui.

 

 256 total views,  3 views today

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *