Guiné-Bissau – uma ex-colónia portuguesa a não perder!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Guiné-Bissau
Guiné-Bissau

A República da Guiné-Bissau, uns dos países que têm como língua oficial o português, é um estado na África Ocidental, que faz fronteira com o Senegal ao norte, a Guiné ao sul e ao leste e o Oceano Atlântico ao oeste. Para evitar a confusão com o estado vizinho da República da Guiné, o nome da capital, Bissau, foi adicionado ao título do estado.

Guiné-Bissau, ex-colónia portuguesa, tornou-se independente em 1973. Oficialmente, a independência de Portugal foi reconhecida em 10 de setembro de 1974. A guerra de independência ficou conhecida na história com o nome Vietname Português.

Lema: Unidade, Luta, Progresso

Hino: Esta é a Nossa Pátria Bem Amada

Provérbio: Un son mon ka ta toka palmu (uma mão sozinha não bate palmas)

 

A seguir, apresentaremos algumas informações essenciais sobre a Guiné-Bissau que provavelmente não conheces porque a ex-colónia portuguesa ainda é tão desconhecida a nível mundial… infelizmente. Mudemos isso mesmo agora!

1. Este pequeno país tropical está localizado a uma baixa altitude, o ponto mais alto sendo 300 m acima do nível do mar.

2. O interior do país é coberto por savanas e a costa é uma planície pantanosa coberta por mangueirais.

Carnaval único no mundo! Vê abaixo!

3. O carnaval guineense é completamente original, único. Tem características próprias e constitui uma das maiores manifestações culturais do país.

 

4. Em 1994, tiveram lugar as primeiras eleições multipartidárias. Quatro anos depois, os militares desencadearam uma sangrenta guerra civil entre 1998 e 1999.

5. A dança e a música representam verdadeiras expressões artísticas dos diferentes grupos étnicos.

6. A maioria da população é composta por agricultores de subsistência e pescadores.

7. O clima é tropical e só há duas estações no ano: a quente (com temperaturas médias durante o ano inteiro de 27° C) e a estação das chuvas (de maio a outubro).

8O arroz é os cereais são os mais produzidos e representam a comida típica do povo.

9. A Guiné-Bissau pertence à Francofonia, mas não é um país francófono. O francês estuda-se no ensino secundário.

10. A música mais conhecida da Guiné-Bissau é denominada gumbé.

Embora seja um dos menores estados da África, onde a maioria das pessoas ainda não tem eletricidade nem água canalizada, a Guiné-Bissau tem um passado muito interessante.

Uma história que merece ser contada…

Lá podes encontrar belas praias, antigas tradições culturais que nos desafiam a cada passo e surpreendem pelas suas particularidades, património histórico da época da Guiné Portuguesa e excelentes opções de turismo que, além do território continental, o país integra cerca de oitenta ilhas que constituem o Arquipélago de Bijagós.

 Fontes:

  • wikipedia.org
  • estudiosafricanos.wordpress.com
  • nationalgeographic.es
  • vida1.planetavida.org

Se quiserem ver como começou a nossa aventura no mundo do jornalismo, clica aqui!

 617 total views,  2 views today

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *