Deixa de fumar! – 9 mudanças que ocorrerão no teu corpo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
fumar
pixabay.com

Tentar parar de fumar pode ser um caminho extremamente difícil, repleto de obstáculos que podem durar de dias a meses, ou talvez até anos. No entanto, esse caminho não é impossível, e a motivação e a consciência do perigo para a saúde são a base do sucesso. Embora a maioria dos fumadores acredite que os efeitos do fumo no coração e nos pulmões sejam irreversíveis e não haja nenhuma chance para a regeneração do corpo e para o aumento da qualidade de vida, a verdade é bem diferente.

Em outras palavras, mesmo depois de fumar o último cigarro, o corpo inicia o seu próprio processo de cura de tudo o que foi destruído ou afetado pelo tabaco. A cada minuto, os riscos do aparecimento de doenças pulmonares, cardíacas, câncer (de estômago, pâncreas ou fígado) diminuem significativamente, a pele luta para recuperar a sua elasticidade e a cor dos dentes e gengivas gradualmente começa a voltar ao normal.

O que acontece mais exatamente quando pararmos de fumar?

As transformações pelas quais o corpo passa quando o fumador abandona esse hábito começam a ocorrer a partir da primeira hora após a última fumaça! A seguir, vamos ver quais são essas mudanças e quais benefícios para a saúde são trazidos desde a interrupção do uso do tabaco.

20 minutos após o último cigarro

Fumar
Fotografia: www.pixabay.com

Apenas 20 minutos após o último cigarro, o corpo já começa a trabalhar para recuperar o seu equilíbrio. Portanto, se a nicotina nos cigarros induz taquicardia e tensão arterial alta, que podem ter consequências muito mais sérias (como um ataque cardíaco ou derrame cerebral), após a abstinência dessa substância, a tensão arterial retorna aos padrões normais e o batimento cardíaco recupera o seu ritmo natural. A circulação sanguínea também melhora, aumentando a temperatura das mãos e dos pés.

Após 8 horas

Após 8 horas de abstinência do tabaco, o nível de monóxido de carbono e nicotina no sangue é reduzido pela metade. Quando um fumador inala o monóxido de carbono da fumaça do cigarro, ele substitui as partículas de oxigênio no sangue, impedindo-as de chegar ao coração, cérebro ou outros músculos. Quando o nível de monóxido de carbono está alto, os sintomas são: dor de cabeça, pulso acelerado ou tontura. Ao mesmo tempo, após 8 horas, começam a aparecer desejos intensos por cigarros. Em geral, duram alguns minutos e podem ser controlados substituindo os cigarros por frutas ou pastilhas elásticas.

Após 12 horas

Após 12 horas, o nível de monóxido de carbono no sangue diminui, voltando ao normal. Assim, o oxigênio chegará facilmente às células e será bombeado pelo coração para o cérebro e outros tecidos sem nenhum perigo.

Após 24 horas

Apenas um dia depois de parar de fumar, as suas chances de ter um ataque cardíaco são reduzidas. Além disso, em tão pouco tempo a sua respiração melhora, provavelmente não ficará pesada e você pode começar a desfrutar dos exercícios físicos novamente, tão benéficos para o corpo, sem ofegar ou hiperventilar.

Após 48 horas

Fumar destrói gradualmente os receptores responsáveis ​​pelo gosto e pelo cheiro. Depois de apenas 2 dias, no entanto, esses receptores começam a se curar e você terá um olfato e gosto muito mais fortes do que durante o período em que fumava. Além disso, após 48 horas os desejos se intensificam, causando até dores de cabeça, ansiedade, tristeza ou tontura. Na maioria das vezes, as pessoas são vítimas dessas sensações e voltam a fumar com o desejo de se sentir melhor. 

Esta não é a solução! Depois de embarcar nessa jornada precisa de se lembrar, sempre que sentir necessidade de fumar, que os cigarros não são tão benéficos e úteis quanto você pensava. Para resistir às tentações, procure manter-se ocupado com todo o tipo de actividades, frequentar locais onde é proibido fumar ou substituir os cigarros que costumava fumar por pequenos snacks.

Entre 2 semanas – 3 meses

Durante este período você terá cada vez mais energia e os exercícios serão mais fáceis devido ao fato de os pulmões ficarem mais limpos e fortes. A nicotina desaparece completamente do corpo, a circulação sanguínea está melhorando e o risco de ataque cardíaco é cada vez menor. Após cerca de 3 meses, todos os desejos e sensações causadas pela deficiência de nicotina (raiva, tristeza, ansiedade, desejos) desaparecem quase completamente.

Depois de um ano

Após um ano, as chances de ter um ataque cardíaco ou derrame são reduzidas quase pela metade em comparação com as de uma pessoa que continuou a fumar. Além disso, as chances de aparecimento de coágulos sanguíneos estão diminuindo.

Depois de 5 anos

Parar de fumar por um período tão longo de mais de 5 anos é uma conquista extremamente importante para ex-fumadores. Depois de tanto tempo, o exercício agora pode parecer uma brisa. A tosse só ocorre em caso de constipação, e a circulação sanguínea é tão boa quanto a de quem nunca fumou! Além disso, após 5 anos, as chances de desenvolver câncer de pescoço, esôfago ou pâncreas diminuem consideravelmente.

Após 10 anos

As chances de desenvolver câncer de pulmão e morrer dele são reduzidas pela metade em comparação com uma pessoa que continuou a fumar todos esses anos. Além disso, a taxa de aparecimento de doenças cardíacas é igual à de uma pessoa que nunca fumou na vida. O corpo passou por todas essas transformações, lutando arduamente para se regenerar, para curar e se livrar da toxicidade da nicotina e os seus efeitos desastrosos.

No início, talvez as dores de cabeça causadas pela falta de cigarros fossem extremamente difíceis de suportar. Mas, passando por todas essas etapas, você perceberá que essas sensações serão apenas lembranças distantes, e os benefícios de excluir o tabaco da sua vida serão vistos com muita clareza tanto no seu corpo quanto na sua mente e bem-estar.

Quais são as etapas necessárias para remover os cigarros permanentemente?

No primeiro lugar, é bom que você tenha esse desejo e queira remover os cigarros de sua vida. Para começar, você precisa descobrir por que está fazendo isso, mais exatamente, dar a si mesmo uma razão. Portanto, quer faça isso para se livrar da fumaça do cigarro das roupas e da respiração, ou para prevenir o câncer ou doenças cardíacas, ou para rejuvenescer a sua pele e restaurar a sua elasticidade, aquela razão deve ser forte para continuar a acreditar nele durante toda a luta contra o tabaco.

No segundo lugar, há várias pessoas que param repentinamente e várias pessoas que reduzem o número de cigarros a cada dia que passa. Embora esse processo seja diferente de pessoa para pessoa, os especialistas dizem que aqueles que desistem repentinamente têm maior probabilidade de desistir permanentemente, em comparação com aqueles que passam de um maço por dia para apenas alguns cigarros.

Também é preferível deitar fora todos os cinzeiros, cigarros ou isqueiros da casa. Ao mesmo tempo, tente não praticar os hábitos que você associa ao fumar por um tempo. Por exemplo, um grande número de pessoas associa o café aos cigarros. Tentem se manter ocupados e, em vez da famosa pausa para o cigarro, façam uma curta caminhada de 5 minutos ou leiam algumas páginas de um livro.

Os desejos, um outro impedimento que ocorre quando você tenta resistir à tentação de fumar. A motivação não deve faltar: é aconselhável optar por alguns petiscos sempre que apareça a vontade de fumar, o que o deixaria igualmente feliz. A coisa mais importante é não ceder e lembrar todos os dias que o resultado é essencial, e cada dia que passa representa a reconstrução dos alicerces da sua saúde.

A minha experiência com os cigarros

A minha experiência com os cigarros e a tentativa de parar de fumar também teve altos e baixos. Tudo começou há 6 anos, quando comecei por pura curiosidade, provavelmente motivada pelas circunstâncias da adolescência. Mas nunca fui o tipo de pessoa que fuma um maço por dia. Durante esses anos tive várias pausas, a mais longa sendo de alguns meses, justamente porque não considerava o tabagismo um vício, mas uma ação que fazia por tédio, de vez em quando.

Do meu ponto de vista, fumar se constitui como um hábito, uma prática associada a determinadas ações das pessoas no cotidiano, com determinados estados ou sentimentos, passando a estar relacionados a eles. Mas sempre tive consciência de que o cigarro não acalma, não deixa você mais relaxado, não resolve de repente todos os seus problemas e o estado negativo, mas pelo contrário, é extremamente prejudicial à saúde e, acima de tudo, eles fazem um buraco enorme no orçamento. Eu simplesmente acredito que queremos que aquele cigarro nos livre de preocupações por alguns segundos e criamos esses pensamentos, eventualmente até mesmo acreditando fortemente neles.

Como eu disse, tive períodos e períodos – dias em que fumava, dias em que nem queria ouvir de cigarros. Mas o ano passado foi um verdadeiro teste para mim. Só demorei alguns minutos para fazer uma pausa, para me perguntar se realmente vale a pena deteriorar minha saúde e qualidade de vida por algo que não me ajuda em nada, não me traz nenhum benefício, é inútil. Eu estava farta da fumaça, das cinzas, do cheiro horrível dos cigarros.

Portanto, inicialmente tentei substituí-los por um dispositivo eletrônico, o que eliminaria os listados acima. Embora aquele dispositivo não tenha trazido nenhum benefício à minha saúde, posso dizer que me ajudou a não tolerar mais cigarros normais e, mais ainda, a não tolerar que uma pessoa fumasse na minha presença. Depois de apenas dois meses, renunciei ao cigarro eletrônico e mantive os meus desejos sob controle através de pequenos bolos, salgadinhos, frutas ou através de água com vitaminas.

Como eu disse antes, a chave do sucesso é a motivação e a consciência dos perigos. Embora os cigarros não pareçam tão prejudiciais, eles são nocivos e os seus efeitos são vistos e demonstrados ao longo do tempo. A vida é muito preciosa, devemos aproveitar cada momento que temos nesta terra sem tentar nos sabotar.

Depois de encontrar a motivação necessária, não desista! Seu corpo vai agradecer no futuro por liberá-lo de uma substância tão prejudicial.

Também te pode interesar o artigo Desmistificando a prática de Yoga para quem duvida dela.

Fontes:

  • University of Oxford. (2016, March 14). If you want to quit smoking, do it now: Stopping smoking abruptly is a better strategy than cutting down before quit day. ScienceDaily. Recuperado no dia de 28 de Ianeiro, 2021. www.sciencedaily.com/releases/2016/03/160314211358.htm
  • American Cancer Society. Within minutes of smoking your last cigarette, your body begins to recover.
  • World Health Organization: “Fact sheet about health benefits of smoking cessation.”
  • National Institutes of Health: “Benefits of Quitting.”
  • British Lung Foundation: “When will I feel better if I stop smoking?”

 

 765 total views,  1 views today

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *