Testes em animais – um problema que deve ser urgentemente acabado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Tradução: Neațu Alexandra Georgiana

Os testes em animais são uma prática tão comum entre várias indústrias quanto desconhecida para os consumidores. Estamos sempre a prestar atenção ao que escolhemos entre as centenas de produtos expostos nas estantes das lojas? Ficaríamos surpreendidos em saber que certos produtos acabam em nossas mãos após um processo que envolve o sofrimento de pequenos animais.

 

A experimentação em animais não é equivalente a uma consulta veterinária. Os não falantes são levados a laboratórios especiais para testar diferentes produtos neles, como perfumes, maquiagem, produtos para pele e cabelo, etc. Ao longo desse processo, os animais são expostos à radiação, injeção e alimentação forçada de substâncias nocivas, inalação de gases tóxicos e muitos outros procedimentos inimagináveis.

Ao longo dos anos, várias organizações surgiram nessa luta pelos direitos dos animais e contra a violência praticada neles, como a Human Society International, Cruelty-Free International, PETA, etc. Recentemente, apareceu nas redes sociais um curta metragem de animação intitulado “Save Ralph” (Salve Ralph), produzido pela Human Society International, no qual o personagem principal é um coelho. O curta retrata a vida de Ralph, um coelho submetido a testes, que afirma que esse seria “seu trabalho” e passa por vários experimentos que acabam deixando-o num estado deplorável.

O curta sobre os testes em animais se tornou viral em redes sociais como TikTok, Twitter ou Instagram, o que trouxe muita alegria para a associação, que queria informar o maior número possível de pessoas sobre essas práticas e fazê-las tomar medidas contra marcas que continuam testando seus produtos em animais.

A União Europeia oferece uma lição da qual o mundo deve aprender

Nos últimos anos, a União Europeia proibiu os testes em animais na maioria dos países, o que foi um verdadeiro começo deste movimento. No entanto, os Estados Unidos e a China continuam a testar em ratos, macacos, cães, coelhos, gatos e vários anfíbios, o que significa que a luta ainda não acabou e as organizações ainda não cumpriram o seu desejo de interromper os testes em animais nessas terras também.

As marcas que ainda se utilizam de testes em animais são:

NARS    Clinique Dior
L’Oréal  Benefit La Mer
 Avon CeraVe Bioderma
Max Factor Maybelline Avene
Lancome  Armani Cetaphil
Estee Lauder Tom Ford La Roche-Posay
Bourjois Chanel Rimmel London
Sephora Brand YSL Vichy

Então, algumas alternativas que NÃO envolvem testes em animais podem ser:

e.l.f The Inkey List Botanics
NYX Fenty Beauty dr.organic
The Body Shop Mario Badescu Anastasia Beverly Hills
Ardell Ciate Florence by Mills
bareMinerals Lush KKW Beauty
Essence Glossier Milk Makeup
BECCA Revolution Nude By Nature
The Ordinary HudaBeauty Range Beauty

Agora você pode estar se perguntando: “Se não fizermos testes em animais, como podemos ter certeza de que os produtos que compramos são bons e não nos afetarão de forma alguma?”. Para isso, após muita investigação por cientistas, foi demonstrado que os testes em animais não são um procedimento essencial que deva ser realizado para que um determinado produto seja colocado no mercado.

Estás à procura de um animal de estimação e tens poucas opções? Então, pensa em ter uma calopsita, pois o animal de estimação ideal tem asas!

Devido ao avanço tecnológico, surgiram alternativas que envolvem testes de produtos em laboratórios bioquímicos. A Unilever é uma empresa anglo-holandesa, que tem várias marcas como Dove, Nestlé, P&G, Lipton, que produz diferentes produtos que testa por meio de métodos tecnológicos, como experimentos químicos e biológicos.

Concluindo, se podemos testar produtos sem ferir animais, por que devemos continuar a fazer esses procedimentos nesses inocentes? Todos nós podemos participar desse movimento, escolhendo produtos cruelty-free (que não são testados em animais) e compartilhando este artigo para informar o maior número de pessoas possível.

Fontes:

A maioria das pessoas consideram os gatos uns dos animais mais estranhos. Contudo, estes felinos só têm uma maneira pouco usual de manifestar a sua simpatia. Aqui podes ler mais.

 609 total views,  1 views today

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *