Sabia que o Dia do Diplomata no Brasil celebra-se no 20 de abril?

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
dia do diplomata
Foto: https://pixabay.com/

Uma das profissões mais antigas do mundo é a do(a) diplomata, isto é, profissionais enviados(as) para representar oficialmente os seus países em nações estrangeiras ou em missões internacionais. No Brasil, o dia do diplomata é comemorado no dia 20 de abril, homenageando o trabalho destes grandes representantes de Estado.

Afinal, por quê celebramos o dia do diplomata?

A importante função da diplomacia carrega uma série de atividades que estes representantes internacionais realizam. Diplomatas são responsáveis por:

  • Informar a seus países de origem sobre assuntos atuais do local onde estão servindo;
  • Representar a política externa de suas nações no estrangeiro;
  • Defender interesses nacionais no cenário internacional;
  • Debater, Negociar e Participar de convenções, tratados e acordos internacionais;
  • Promover a cultura e comércio entre diferentes Estados;
  • Proteger seus cidadãos nacionais no exterior.

Sem o trabalho destas pessoas, o mundo seria um lugar menos pacífico, menos conectado, sem trocas e cooperações entre os povos e sem parcerias entre diferentes lugares do mundo. Ou seja, eles são os agentes que tornam o planeta “globalizado” e “internacional” possível – é por isso mesmo que merecemos um dia do diplomata!

Por que o Brasil comemora o dia do diplomata em 20 de abril?

O dia remete ao nascimento de José Maria da Silva Paranhos Júnior em 20 de abril de 1845, o famoso “Barão de Rio Branco”. Este homem é simplesmente o patrono da diplomacia brasileira! Além de ter sido diplomata, era advogado formado pela Faculdade de Direito do Recife, bem como foi um importante geógrafo, professor, jornalista e historiador brasileiro. Atuou como Cônsul Geral do Brasil em Liverpool (1876 – 1893), chefiou a missão do seu país em Berlim (1901 – 1902) e foi Ministro das Relações Exteriores da República Brasileira (1902 – 1912).

José Maria da Silva Paranhos Júnior, barão do Rio Branco.
José Maria da Silva Paranhos Júnior, o barão de Rio Branco.       Fonte: Wikimedia Commons.

A homenagem que lhe é conferida pelo dia do diplomata remete ao seu período como chanceler do Estado brasileiro até 1912. Entre as suas principais contribuições, destaca-se o seu trabalho na consolidação das fronteiras do Brasil por meio de negociações bilaterais (entre dois países) ou por arbitragem internacional. Por causa das intermediações de Rio Branco, por exemplo, os limites externos dos territórios do Acre, do Amapá, de Santa Catarina e do Paraná são os mesmos até os dias de hoje. Além disso, sua forma de conduzir as relações exteriores brasileiras se consolidou como a tradição diplomática definitiva do país.

O Instituto Rio Branco – uma das melhores academias de formação de diplomatas.

Por conta de sua grande relevância, não só para a diplomacia, mas também para a história brasileira, o Barão de Rio Branco será sempre lembrado pela sua pátria. Inúmeros lugares no Brasil carregam o seu nome, entre ruas, praças, bairros, etc. A capital do estado do Acre – estado que faz parte do território brasileiro graças a José Paranhos – se chama Rio Branco.

Por falar em capitais, você conhece o significado completo desta palavra? Saiba mais em Afinal, por “capital” entendemos todos a mesma coisa?

Em Recife, cidade onde se formou em Direito, várias avenidas e até a praça mais importante da cidade também levam o seu nome. Acima de tudo, a escola oficial de diplomacia do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, localizada na capital nacional, se chama Instituto Rio Branco – reconhecida mundialmente como uma das melhores academias de formação de diplomatas.

Quais são alguns dos diplomatas mais conhecidos do mundo?

Por conta do trabalho de visibilidade internacional, muitos diplomatas são reconhecidos mundialmente. Por exemplo, os secretários-gerais da Organização das Nações Unidas (ONU) são bastante populares e é comum que apareçam na mídia. Você provavelmente já ouviu falar de algum desses nomes que um dia assumiu este cargo: o sueco Dag Hammarskjöld (1953 – 1961), o ganês Kofi Annan (1997 – 2006) ou o sul-coreano Ban Ki-Moon (2007 – 2016). Atualmente, o cargo é ocupado pelo diplomata português António Guterres desde 2017.

Diplomatas são os agentes que tornam o planeta “globalizado” e “internacional” possível!

Alguns personagens históricos também eram diplomatas, como Niccolò Machiavelli, Nicolaus Copernicus, Marquês de Pombal e Otto von Bismarck. Outros nomes mais recentes também vêm a nossas memórias quando pensamos em alguns representantes de Estado. As norte-americanas Hillary Clinton e Condoleezza Rice, o brasileiro Sérgio Vieira de Mello, o russo Sergey Lavrov e o chileno Pablo Neruda são algumas das figuras populares da diplomacia nos tempos modernos. No dia do diplomata, estas pessoas também são lembradas por suas atuações internacionais!

Fontes:

 355 total views,  1 views today

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *