A mulher virtuosa e as suas 7 qualidades na concepção de Salomão

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
mulher virtuosa

Quando falamos sobre uma mulher virtuosa na concepção da Bíblia, muitos de nós pensamos, relutantemente, em um retrato tradicional da feminidade, centrado na obediência ao marido. Mas, não é assim.

Sabias que a Bíblia tem um capítulo inteiro dedicado às mulheres, um suplicante escrito em honra às suas habilidades?

Este capítulo é encontrado em Provérbios 31, um livro escrito pelo sábio Salomão, que entendeu a importância do sexo feminino e o valor que ela deve ter na frente dos outros.

Mulher virtuosa quem a achará

O seu valor muito excede o de rubis.

O coração do seu marido está nela confiado, e a ela nenhuma fazenda faltará.

A sinceridade está no primeiro lugar para uma mulher virtuosa, mais importante do que a aparência física. Através do acessório da verdade, ganha-se a admiração de um homem que pode cultivar sua confiança nela. A confiança o determinará a dar-lhe tudo o que seu coração deseja e a alimentar sua independência. Ao mesmo tempo, a sua honestidade torna a agradável aos olhos dos outros e molda sua beleza.

Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.

A segunda qualidade exposta de Salomão é a bondade. O encanto de uma mulher é sua bondade, por meio da qual ela pode conquistar o coração de qualquer pessoa e com a qual tem o poder de conduzir a família à prosperidade. Para uma mulher virtuosa, a gentileza é a chave com a qual ela acede a felicidade e protege o amor das rachaduras.

Cinge os seus lombos de força e fortalece os seus braços.

Prova e vê que é boa a sua mercadoria, e a sua lâmpada não se apaga de noite.

A terceira qualidade é a independência. Pode parecer estranho que a Bíblia incentive a independência feminina, mas é assim! Como uma mulher perfeita administra sozinha, ela é capaz de ter o seu próprio negócio e ganhar a sua renda com ele. Ela trabalha muito para atingir os seus objetivos, investindo tempo no caminho para o sucesso.

Abre a sua mão ao aflito, e ao necessitado estende as suas mãos.

A qualidade número quatro é a empatia. A mulher virtuosa sabe sentir com quem precisa de ajuda, oferecer com amor do que ganha, valorizando mais os tesouros da alma do que o ouro e a prata. Ela ama o outro e age quando o seu coração pede, sem remorsos e sem obrigações.

A força e a glória são os seus vestidos, e ri-se do dia futuro.

A quinta qualidade é a força de caráter que a torna forte diante do futuro. Ela não tem medo do amanhã, porque já está pronta para o conquistar. Ela não tem medo de nada que venha a seguir, ela acredita na própria força, está bem armada, para poder enfrentar os problemas que a vida lhe coloca. Ela sabe que a vida é uma série de altos e baixos, mas não desiste, age como uma guerreira, aumentando cada vez a sua força.

Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.

A próxima qualidade, a sexta, na concepção bíblica, é a sabedoria. Uma mulher virtuosa fala apenas se ela sabe que suas palavras são edificantes e úteis para os outros. Ela é ouvida por aqueles ao seu redor, porque as suas palavras são valiosas e ela não desperdiça palavras por nada. Para ela, as palavras são caras, especialmente porque descrevem o coração, e ela protege o seu coração do mal e veste-se para o bem.

Olha pelo governo da sua casa, e não come o pão da preguiça.

Outra qualidade, a sétima, mostra que a mulher virtuosa não é preguiçosa. Ela valoriza o tempo e aproveita o relacionamento com a família. Ela cuida que as pessoas próximas a ele estejam no caminho certo, direcionando seus passos e acompanhando o progresso deles. Ela dedica seu corpo e alma para aperfeiçoar toda a sua família.

Finalmente, o Salomão conclui com palavras de louvor para a mulher virtuosa:

Levantam-se seus filhos, e chamam-na bem-aventurada, como também seu marido, que a louva, dizendo: < Muitas filhas obraram virtuosamente, mas tu a todas és superior>. Enganosa é a graça e vaidade a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada. Dai-lhe do fruto das suas mãos, e louvem-na nas portas as suas obras.

Na opinião de Salomão, uma mulher virtuosa merece elogio e apreço pelo que ela é, por tudo que ela faz e pelos resultados do seu trabalho. Faz-nos saber que a beleza é passageira, mas o que resta são as suas obras.

Pois o amor, acima de tudo, significa ações, que têm o poder de embelezar a mulher diante de sua família e de respeitá-la entre todos os homens.

Portanto, uma mulher é verdadeiramente virtuosa se ela consegue cultivar em si: sinceridade, bondade, independência, empatia, força de caráter, sabedoria e diligência. Essas qualidades irão restaurar o respeito e o amor dos outros e farão dela uma mulher forte, pronta para lutar por si mesma e pelos outros, independentemente das ondas da vida.

Vê também o artigo sobre todas as relações que vais ter na vida!

 425 total views,  1 views today

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *