Todas as relações que vais ter na tua vida (a 2ª parte)

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
relaciones, relazioni, relações
pixabay.com

Como já leste no artigo anterior, há várias pessoas significativas que encontramos durante o percurso das nossas vidas. Há algumas que só ficam connosco por pouco tempo, para nos ensinar mais sobre a vida (Relações Cármicas), e outras destinadas a ajudar-nos no desenvolvimento pessoal e na aprendizagem do amor próprio, por longo prazo (relações com uma Alma Gémea). Contudo, um dos tipos de relações sobre o qual não se ouve tantas vezes é a de Twin Flame (Chama Gémea). O que é que tens de saber sobre ela?

 

A relação com um Twin Flame é, sem dúvida, muito mais profunda e complicada do que as outras. Apesar de ser uma ligação realmente divina, é tumultuosa e cheia de obstáculos. Os Twin Flames são duas pessoas em corpos diferentes, mas que partilham a mesma alma. Em outras palavras, o teu Twin Flame pode ser considerado a outra versão de ti, que reflete os teus comportamentos ou pensamentos (até os mais escondidos e assustadores), bem como os teus valores na vida. Ficar com ele, parece que olhas para um espelho e encontras partes de ti nunca antes descobertas. Normalmente, os Twin Flames acabam por serem namorados, devido aos sentimentos tão fortes, mas podem também ser amigos, em poucos casos.

Não é possível encontrar o teu Twin Flame mais de uma vez!

Embora pareça um tipo de relação perfeita, todas estas caraterísticas compartilhadas dos parceiros levam a muitas dificuldades. O encontro com um Twin Flame pode gerar frustração e não parece fazer sentido, às vezes: esta ligação obriga-te a entrar em contato com os lados mais escuros de ti, tendo como objetivo final o próprio melhoramento e o cumprimento de uma missão espiritual. Não é uma relação simples, e, muitas vezes, a intensidade dela torna-se sufocante e desconfortável para um ou ambos os parceiros.

Em comparação com uma Alma Gémea, um Twin Flame aparece na tua vida só uma vez, então não é possível teres mais de um; é uma relação única, de intensidade melhor e com muitos impedimentos. É importante saber que não todas as pessoas o encontram nesta vida, por isso não é sempre fácil dar-te conta se tens este tipo de ligação com alguém. Felizmente, há vários sinais e etapas que indicam que talvez já conheças o teu Twin Flame, que vais descobrir agora.

relações
Fotografia: pixabay.com

Quais são os sinais?

Todas as relações com um Twin Flame são muito diferentes entre elas, a evolução de cada uma dependendo da etapa de vida em que se encontram os parceiros ou do estado emocional deles. No entanto, há alguns sinais mais frequentes que caraterizam esta ligação.

1. Há um reconhecimento imediato entre os Twin Flames

Embora nunca se tenham visto antes, sentem que já se conhecem, sem saber por quê. Há uma ligação forte entre eles desde o início, que não se pode explicar. Ainda mais estranho é que, muitas vezes, este tipo de relação pode encontrar-se entre pessoas de países e culturas diferentes, que parecem não ter nenhuma raiz comun. O encontro acontece inesperadamente e deixa ambos os parceiros sem palavras, num estado de plenitude.

2. Partilham pensamentos, interesses e até histórias da vida

A ligação entre os Twin Flames é cheia de sincronicidades, por isso os dois observam que têm muitas coisas em comum e que pensam o mesmo muitas vezes. Podem ter as mesmas preferências em música, livros e outros assuntos ou podem gostar dos mesmos passatempos. Às vezes, é possível partilharem experiências pessoais como, por exemplo, situações familiares.

3. Quando estão juntos, podem ser eles mesmos

Desde o momento em que se encontram, os Twin Flames comportam-se como amigos antigos. Sentem-se confortável perto um do outro desde o início, e não têm de lidar com aquela ansiedade específica dos primeiros encontros. Não julgam um ao outro e podem ser sinceros em relação a tudo, não há assunto sobre o qual não podiam falar livremente.

4. A vida deles muda, para melhor

A existência do Twin Flame provoca várias mudanças, não só da mentalidade, mas também do estilo e dos objetivos da vida. A aparição do Twin Flame pretende trazer-te no caminho certo, o que pode significar ter, de repente, um interesse súbito em atividades ou lugares novos. Ele ajuda-te a sair da tua zona de conforto e a aproximar-te de um propósito maior. A única coisa que tens de fazer é ouvir a tua intuição, porque ela sempre te vai guiar neste tipo de relação espiritual.

5. Conectam-se através de sonhos

É normal sonhares com o teu Twin Flame, porque a ligação formada transcende o mundo físico. Também podem ter os mesmos sonhos, e até há pessoas que sonham com o Twin Flame delas antes de o conhecerem. Então, presta atenção às todas as caras que vês enquanto dormes, uma delas pode ser a tua Chama Gémea!

6. Entendem os lados mais profundos e escondidos de si

Um Twin Flame tem o papel de te ajudar a crescer e de curar feridas antigas, por isso ele pode ver através das maiores inseguranças do seu parceiro. Isto pode ser um processo difícil e desagradável, que provoca conflitos e agitação na relação. Contudo, no final do dia, não há qualquer outra pessoa que compreenda as tuas emoções melhor do que o Twin Flame, que passa por experiências e sentimentos semelhantes, ao mesmo tempo que ti. Embora tenham de enfrentar alguns desafios sozinhos, este percurso torna-se mais fácil a saberem que se têm um ao outro.

7. Há uma atração física muito forte

Precisam de ser próximos um do outro, e o contato físico é muito importante para realmente fortalecerem a ligação. A distância entre eles causa sofrimento e confusão, apesar da atração magnética ainda existente entre eles durante uma separação.

8. Comunicam sem palavras.

Os Twin Flames têm uma conexão telepática, por isso conseguem dar-se conta do que o parceiro pensa, sente ou do que está a fazer num certo momento antes de falarem com ele. Este é um sinal que pode aparecer depois de passarem mais tempo em união.

9. Sem tomar conta das circunstâncias, sempre se reúnem

Como já descobriste, a intensidade desta relação pode tornar-se insuportável em muitos casos, portanto alguém decide acabar com ela. Mesmo assim, os Twin Flames verdadeiros se reencontram, de modo incrível. Afinal, eles têm de cumprir uma missão final juntos, e o Universo continuará a mostrar-lhes que existe uma certa pessoa que está em alinhamento com eles mesmos.

10. Querem tornar-se pessoas melhores

Basicamente, o encontro do Twin Flame transforma algo em ti. De repente, parece que as tuas metas na vida mudam e tornam-se mais claras. O Twin Flame tem o poder de te fazer sentir mais ambicioso, aberto a novas experiências e pessoas, e maduro quando se trata de obstáculos na vida. Graças a esta pessoa, descobres uma nova perspetiva sobre a vida e qual é o caminho que tens de seguir, porque começas a ouvir mais o teu coração.

11. Sabem que foram feitos um para o outro

Embora, à medida que passa o tempo, surjam vários problemas e a separação é quase inevitável, os Twin Flames não se podem esquecer daquilo que sentem um pelo outro. O subconsciente deles nunca para de lhes transmitir mensagens e sinais sobre a pessoa amada, sem importar o quanto tentam evitá-los. A ligação é indestrutível, e solteiros ou com um parceiro errado não se sentem completos. Vais constatar que o Twin Flame é o único que pode preencher aquele vazio, e nenhuma outra pessoa tem a mesma influência sobre ti.

As etapas das relações de Twin Flames:

As relações com um Twin Flame são experiências intensas e passionais, que desafiam ambos os parceiros espiritualmente. Por essa razão, os Twin Flames têm de percorrer um longo caminho até chegarem à última etapa desta verdadeira viagem: a reunião entre duas pessoas já independentes, que não precisam da validação dos outros, que colaboram para criar um futuro melhor. Estas etapas representam períodos em que cresces, mudas de atitude e mentalidade, e aprendes o que significa o amor próprio e a autoestima. Para cada pessoa, as etapas podem durar mais ou menos tempo, em função do ritmo em que os Twin Flames se desenvolvem e aprendem as próprias lições de vida, separadamente.

I. A procura…

Esta etapa é específica do período em que ainda não conheces o teu Twin Flame. Carateriza-se pela falta de algo importante na tua vida, por um desejo de obter mais na tua vida sentimental. Tornas-te consciente do facto de que existe alguém só feito para ti, apesar de o amor não ter tido uma grande importância na tua vida antes. É como uma revelação, e naqueles momentos abres o teu coração para receberes o teu Twin Flame. Começas a aceitar as relações fracassadas do passado, e sentes-te preparado para um novo início. Agora sabes que mereces mais.

II. O primeiro encontro…

Este é o momento em que os Twin Flames se encontram fisicamente, pela primeira vez. Normalmente, o encontro parece irreal: acontece quando menos esperas, em circunstâncias incomuns, mas que, apesar de ser breve às vezes, ainda tem um significado especial. Como já viste mencionado, há casos em que o Twin Flame pode ser alguém de um outro país, com uma vida completamente diferente da tua, ou até alguém que está casado e com família própria. Com estes obstáculos parece ser uma relação impossível, mas isto não te impede de pensar frequentemente no teu Twin Flame. Nesta etapa aparecem os primeiros sentimentos de admiração e de curiosidade pela outra pessoa.

III. Apaixonar-se…

Depois de teres a oportunidade de passar mais tempo com o Twin Flame, a fascinação por ele é, cada vez, maior. Estas relações não se podem comparar com outras do passado, porque a complexidade e a intensidade dos sentimentos são únicas. É amor puro, que cresce quanto mais conheces a outra pessoa. A atração não pode ser evitada ou controlada, porque o Twin Flame representa tudo o que podias querer em alguém. É uma das etapas mais bonitas, que traz muita felicidade, em que descobres mais coisas sobre o parceiro e desistes de reprimir os fortes sentimentos dentro de ti.

IV. A relação perfeita…

Neste momento, estás numa relação ou em contato constante com o teu Twin Flame. Nada podia correr mal, porque a outra pessoa preenche todas as tuas necessidades. Não há problemas com a comunicação, e conseguem fazer-te sentir protegido e amado todo o tempo. Apesar de ser a relação dos teus sonhos, esta etapa só representa a calma antes da tempestade, porque precede uma outra cheia de desafios, em que os problemas começam a surgir.

V. Os desafios…

Nesta etapa, a relação já não é mais perfeita. Toda aquela felicidade e a paixão descontrolada são substituídas por conflitos, ansiedade e caos na relação. Tudo isto acontece por causa do surgimento de inseguranças, defeitos e problemas pessoais. Apesar de partilharem os aspetos positivos, os Twin Flames também partilham os lados negativos, o que traz de volta sentimentos, comportamentos ou pensamentos reprimidos, para curá-los. Nestes momentos, o teu Twin Flame mostra-te exatamente quais são as tuas maiores inseguranças, para que te desenvolvas e cresças. É uma etapa cheia de sofrimento e fúria mas, mesmo durante os momentos piores, há respeito mútuo e amor incondicional. A violência ou qualquer outro tipo de abuso não são representativos por estes tipos de relações!

VI. O corredor e o perseguidor…

Esta etapa é caraterizada, muitas vezes, por uma separação. Durante este período, cuja duração difere em todas as relações, um dos parceiros distancia-se, sufocado pela complexidade e intensidade da relação, enquanto o outro faz tudo o possível para salvá-la. Ambos podem ser tanto o corredor, como o perseguidor, em momentos diferentes. O perseguidor pode ser considerado a pessoa mais madura, dado que não quer fugir dos problemas e tenta fazer um compromisso. O tratamento silencioso específico deste período representa, em alguns casos, o momento em que a relação termina definitivamente. A etapa acaba quando ambos entendem que a situação não pode ser controlada e continuam o processo de autodesenvolvimento.

VII. Desistir…

Nesta etapa, os Twin Flames desistem de controlar a ligação. Depois de um período cheio de turbulências, mas também de reflexão e introspeção, finalmente estão abertos a falar sobre os aspetos mais difíceis das suas vidas, que os impediram ter uma relação saudável no passado. Não podes esconder os teus defeitos em frente do Twin Flame, visto que ele sempre vê através de ti e amplifica o que é negativo. Portanto, para que este tipo de relação funcione, é preciso deixares o ego para trás e aceitares não só os próprios imperfeições, mas também os do Twin FlameVocês podem melhorar juntos, desta vez.

VIII. A reunião…

Quando aceitas o teu destino, também aceitas o amor do teu Twin Flame, ao bem e ao mal. A última etapa deste tipo de relações traz muito alívio e paz. Tu e o teu Twin Flame vão estar em equilíbrio, permanentemente. Agora, ambos são fortes e preparados para encontrar uma meta comun, que vai levar à vossa satisfação. É uma reunião física, em que ambos fazem planos para o futuro, como morar juntos ou começar uma família. Podem disfrutar dos benefícios da relação, porque a parte mais difícil já passou. Aprenderam o que significa a empatia, o perdão, a paciência, bem como a verdadeira compreensão.

Nestas relações, a chave para o sucesso é o amor-próprio

As relações com um Twin Flame são tão profundas, que os parceiros podem dominar o mundo quando estão unidos. Todas as semelhanças e o amor constante entre os dois traz uma sensação de conforto que dificilmente pode ser igualada. O Twin Flame representa um parceiro divino, destinado a mudar completamente a tua vida e a maneira em que a vês.

Os momentos difíceis que aparecem durante esta experiência não têm de te desanimar. Uma ligação de tal intensidade e profundidade não desaparece facilmente, especialmente se quiseres fazer um esforço. Antes de tudo, a relação com um Twin Flame ensina-te sobre ti mesmo, porque ele és tu. Sem aprenderes o amor próprio, não podes realmente oferecer amor ao teu Twin Flame. Esta é a maior lição e o desafio que pode, no fundo, destruir ou fortalecer a relação. Tudo depende dos parceiros e do quanto querem melhorar a si mesmos, porque a reunião só pode acontecer quando param de fugir dos lados mais autênticos e vulneráveis deles. 

Conhecer o teu Twin Flame é uma bênção disfarçada. Nunca duvida do que te transmite a intuição sobre uma certa pessoa que entra na tua vida inesperadamente, porque ela pode ter um papel muito importante no teu desenvolvimento ao longo do tempo. Mesmo assim, em todas às relações que tens com os outros, assegura-te que não te encontras numa situação tóxica, que é só autodestrutiva. Mantém o teu coração aberto, para atrair as pessoas perfeitas para ti, e vais ver como coisas maravilhosas acontecem!

Fontes:

 454 total views,  7 views today

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *